Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2019

7 perfis no Instagram para se apaixonar por novos livros

Imagem
Biblioteca Strahov, em Praga (Foto: Divulgação)
De HQs a livros de terror, contas na rede social reúnem indicação para todos os gostos Jéssica Ferreira, na Galileu Uma pesquisa da organização We Are Social sobre tendências globais do mundo digital, divulgada no início de 2019, revelou que as pessoas ficam mais de duas horas por dia fuçando as redes sociais. A pesquisa Retratos da Leitura no Brasil de 2016, feita pelo Instituto Pró-Livro, por sua vez, mostrou que 30% dos brasileiros nunca compraram um livro e que a média de obras lidas é de 2,43 por ano. Para tentar reverter o cenário e unir redes sociais à leitura, selecionamos sete perfis no Instagram que vão te dar vontade de largar o celular e correr para a livraria: (Foto: Divulgação) 1. Leia Mulheres O projeto #readwomen, criado em 2014 pela escritora britânica Joanna Walsh, procura incentivar a leitura de mais autoras mulheres. A ideia foi reproduzida no Brasil sob o nome Leia Mulheres, que conta com clubes espalhados em várias cid…

Aplicativo do Enem traz informações sobre o exame

Para facilitar o acesso às principais informações sobre o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) colocou à disposição dos estudantes o aplicativo “Enem”. Gratuito, o app pode ser encontrado tanto na App Store (iOS) quanto na Play Store (Android). Com o aplicativo, o usuário tem acesso ao cronograma do Enem, mural de avisos, edital, vídeo do edital em Libras, notícias, bem como o programa Hora do Enem, da TV Escola, entre outras informações. O participante poderá também acessar uma lista das perguntas mais frequentes que ajudam a esclarecer as principais dúvidas sobre o exame. Por meio do app, é possível conferir as informações pessoais, entrando com o CPF e a senha já cadastrados no momento da inscrição. Nessa seção, estão os dados pessoais do candidato, como nome, número de CPF, o número de inscrição e o Cartão de Confirmação da Inscrição, que será divulgado na quarta-feira, 16 de outubro. Nele, estarão …

Dicas valiosas para melhorar seu desempenho no processo seletivo

Imagem
Muitos profissionais de tecnologia da informação têm buscado processos de coaching para apoiá-los em uma melhor comunicação e posicionamento com o mercado. Para ajudar a melhorar o desempenho durante um processo seletivo, Janaina Lima, cofundadora da Icon Talent - empresa especializada em recrutamento e seleção para área de tecnologia - e coach profissional apresenta dicas valiosas de como fazer com que a qualidade técnica do candidato se sobressaia em um mercado altamente competitivo. Comece pelo Linkedin O Linkedin é uma ferramenta poderosa e muito utilizada pelos recrutadores para a caça de talentos. Mantê-lo atualizado com as suas formações, cursos, conhecimento técnico, projetos em que participou (incluindo ações voluntárias se for o caso) é o primeiro passo. Além disso, a descrição das atividades realizadas nas empresas em que passou é fundamental: devem estar listadas de forma clara e objetiva, trazendo os principais destaques(tecnologias, processos, metodologias utilizadas) e…

CAPES recebe primeiras propostas de mestrado EaD

Imagem
A CAPES recebeu os primeiros pedidos para a criação de cursos de pós-graduação a distância. Das 665 demandas entregues para a Avaliação de Propostas de Cursos Novos (APCN), 17 são para mestrados a distância. A modalidade foi instituída pelo Decreto nº 9.057 de 2017 e normatizada pela Resolução nº 7 da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (CES/CNE). Desde então a CAPES aprofundou os estudos sobre educação a distância (EaD) e publicou a Portaria nº 90 de 2019 que regulamenta o tema. Um dos focos principais do grupo de trabalho criado para debater o tema foi a manutenção da qualidade. Com a criação de mestrados EaD será possível facilitar a interiorização da pós-graduação no Brasil, diminuindo a necessidade de deslocamento e permanência dos estudantes nos grandes centros. Sônia Báo, diretora de Avaliação, espera que as instituições se associem para oferecer cursos de qualidade. “Acredito que as instituições tenham que fazer associações para o processo ser mais tr…

Música ajuda a curar dor de crianças refugiadas em Pacaraima

Imagem
O poder curativo da música é a aposta da maestrina Miriam Blos para transformar a dura vida de 113 crianças venezuelanas, de 4 a 16 anos, no projeto Canarinhos da Amazônia. Em uma casa em Pacaraima (RR), cidade brasileira que faz fronteira com a Venezuela, os meninos e meninas recebem refeições diárias, participam de atividades complementares à escola e formam o coral Canarinhos da Amazônia. No repertório, canções em português e espanhol. “Eles chegam bem destruídos, sem esperança, como se ‘e agora?’. Para a criança é mais fácil fingir, mas quando começa a fome, bate o desespero na mãe, e ela não sabe o que fazer. Havia muitas crianças na rua e isso nos levou a abrir a Casa da Música”, conta Miriam. Ela já desenvolvia o projeto desde a década de 90, em Boa Vista. Mas quando teve início a crise migratória dedicou-se a atender apenas crianças venezuelanas. Todos os dias cerca de 500 pessoas, em média, atravessam a fronteira para o Brasil. “A gente está muito preocupado com o futuro das…

O viés da negatividade segundo a ciência

Imagem
Nós, seres humanos, desenvolvemos uma tendência a nos sentirmos mais afetados por uma crítica do que por um elogio. As más notícias nos afetam mais do que as boas, e qualquer acontecimento negativo fica gravado mais profundamente na memória do que um positivo. Por que isso acontece?
Os seres humanos têm uma certa tendência a pensar naquilo que não deu tão certo em vez de refletir sobre os aspectos que funcionaram. Por isso, nossas lembranças agradáveis e positivas podem ficar manchadas por simples encontros desagradáveis. É a isso que se refere o viés da negatividade. Mais especificamente, ao valor que damos ao negativo. Esse é, além disso, o viés que explica as razões pelas quais os acontecimentos traumáticos e as experiências negativas permanecem por mais tempo em nossa memória e parecem nos afetar mais do que as positivas. Parece que essas experiências mais ou menos desagradáveis tendem a ficar mais intensas em nossos pensamentos. Vamos nos aprofundar um pouco mais nesse assunto. B…

Outubro Rosa: Que tal conhecer a origem desse movimento internacional?

Imagem
OOutubro Rosa é um movimento internacional que visa ao estímulo à luta contra o câncer de mama. Essa ação iniciou-se em 1997, nos Estados Unidos, e foi ganhando o mundo como uma forma de conscientização acerca da importância de um diagnóstico precoce e de alerta para a grande quantidade de mortes relacionadas com essa doença. O símbolo da campanha é um laço rosa, que foi feito, inicialmente, pela Fundação Susan G. Komen e distribuído na primeira corrida pela cura do câncer de mama em 1990. Esses laços rosas popularizaram-se e foram usados posteriormente para enfeitar locais públicos e outros eventos que lutavam por essa causa. Além do laço rosa, muitas cidades passaram a iluminar os seus monumentos públicos com luz rosa para dar maior destaque ao mês de luta contra a doença. No Brasil, o primeiro sinal de simpatia pelo movimento aconteceu em outubro de 2002, quando o monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, também chamado de Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo, foi iluminad…

Turma da Mônica vai às escolas públicas ensinar sobre educação financeira

Imagem
O projeto Em Busca do Tesouro foi lançado nesta quinta-feira (3) pelo Tesouro Nacional, irá levar a Turma da Mônica às escolas públicas do país para ensinar educação financeira à crianças de 9 a 11 anos para formar cidadãos e consumidores conscientes desde cedo.  As crianças irão aprender, por meio de revistinhas da Turma da Mônica, a cuidar do próprio dinheiro e também do dinheiro público. As revistinhas ensinam os conceitos de equilíbrio, resultado e transparência.  O líder do programa, Antônio Barros, informa que o projeto-piloto irá passar por uma avaliação e a intenção é que até 2 milhões de crianças tenham acesso ao conteúdo em todo o país. “Estamos ensinando as crianças – e que depois isso atinja também o entorno dela, a família, o pai, mãe, o responsável – que elas precisam desde cedo entender como devem cuidar do seu dinheiro. Quanto mais ela cuida do seu dinheiro, mais ela fica autônoma e pode ser senhora da sua própria vida”, disse.  Por O Brasilianista