quinta-feira, 31 de dezembro de 2020

Que venha 2021!

 

    Sinceramente, esse ano não estava com vontade de repetir as velhas frases e cumprir os mesmos rituais. Pensei em desistir do branco que sempre usei, olhei com desdém para a roupa que usei o ano passado...simplesmente não estava afim. Mas será que vale a pena fazer birra com a virada do ano?  

Certamente não foi um ano fácil para ninguém, foram muitas perdas, muitas dores, muitos sonhos que se perderam em noites traiçoeiras. E na hora da retrospectiva nem dá vontade de festejar. Contudo, aqui estamos. E se não há o que comemorar, há muito o que refletir. Não dá para simplesmente desanimar, porque ainda temos muito a realizar.  

Portanto, que a virada de ano seja de fato uma virada de página. Sem vitimismo, sem revolta, sem medo. Que as lágrimas que derramamos possam lavar nossas almas e clarear nossas mentes. Que permaneçam as lições e se solidifiquem tornando-nos fortes e iluminados. Que em 2021 possamos superar 2020, transformando cada cicatriz em sinal de crescimento. 

 E assim sendo, Feliz Ano Novo, afinal, não precisamos que tudo esteja perfeito para ter uma mente feliz. Precisamos sim, decidir levantar a cabeça, olhar para a frente e pensar em coisas bacanas para realizar no ano que vem. Brindemos ao que virá, porque somos os protagonistas e escrevemos parte do roteiro. Que sejamos os mocinhos e nossa história seja inspiração. E de repente deu vontade de procurar aquela roupa branca que gosto de usar... Que venha 2021!!     

Aparecida Cunha 


Um comentário: