Protesto em defesa dos índios traz cinco mil cruzes para o Congresso


Organizador de protesto diz que cruz representa morte de povos indígenas.
Manifestação chama atenção para disputa de terras em Mato Grosso do Sul.


Cinco mil cruzes foram fincadas no gramado da Esplanada dos Ministérios, em frente ao Congresso Nacional, nesta sexta-feira (19), em um ato em defesa dos povos indígenas. O Conselho de Psicologia, uma das entidades organizadoras do protesto, informou que os símbolos representam a morte do povo indígena. A manifestação busca chamar atenção para disputa de terras entre indígenas e fazendeiros, no estado do Mato Grosso do Sul.
Cerca de cinco mil cruzes espalhadas em frente ao Congresso Nacional (Foto: Maria Luiza Araújo/  Vc no G1)Cinco mil cruzes espalhadas em frente ao Congresso Nacional (Foto: Maria Luiza Araújo/ Vc no G1)


A vice-presidente do Conselho Federal de Psicologia, Clara Goldman, disse que o protesto quer mostrar a situação dos indíos no Brasil. “Ato surge como um posicionamento para dar voz às injustiças que os povos indígenas sofrem”.
Por G1 DF

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

90% dos trabalhadores querem trocar de emprego, aponta pesquisa

Curiosidades: Ano Bissexto

Técnica Pomodoro - o que é e como funciona