Campanha alerta estudantes estaduais




A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo lançou uma nova campanha para conscientização dos estudantes.

A ação “Bullying. Curta outra Ideia” será realizada em todas as escolas estaduais e tem como objetivo diminuir o número de casos registrados.

Segundo informações da Assessoria de Imprensa da Secretaria, uma parceria firmada junto ao Conselho Nacional de Justiça possibilitou a distribuição de 250 mil cartilhas nas escolas de todo o Estado.

As instituições de ensino estaduais de Catanduva e região também estão participando da iniciativa. De acordo com a dirigente regional de Ensino, Maria Aparecida Cheruti Frare, a divulgação foi realizada em todas as escolas pertencentes à Diretoria Regional de Ensino, com envio de mensagens específicas para os Ensinos Fundamental e Médio, que foram lidas com os estudantes na última quarta-feira.

“Desde o ano de 1998, com a implantação na rede estadual do Projeto Comunidade Presente, cujo propósito é capacitar os educadores para promoverem a mediação e resolução pacífica de conflitos no contexto escolar, a Diretoria de Ensino promove orientações técnicas anuais à equipe gestora e docentes de cada Unidade Escolar sobre o tema”.

Ela conta que são desenvolvidas atividades que incentivam a reflexão, construção de cultura de inclusão, cordialidade e solidariedade para amenizar os problemas de exclusão, discriminação e violência física e verbal. Os professores também contam com materiais diversificados sobre o tema, além de estudos de casos, troca de experiências, entre outras atividades.

“As ações voltadas para a informação e debates sobre o tema permitem que professores e alunos tornem-se cada vez mais conscientes em relação ao assunto, evitando a banalização do mesmo, pois em toda a escola há conflitos, porém, nem tudo é Bullying”.

NOVIDADE

Também ressalta que há dois anos foi criada a função de professor mediador, que tem como objetivo mediar os conflitos existentes.

“Felizmente, a maioria das escolas de Catanduva e região já contam com o trabalho deste profissional, que atua durante quarenta horas semanais, levando a comunidade escolar a refletir sobre seu comportamento e a necessidade de alterá-lo para melhor, respeitando o próximo e dialogando sempre”.

PELA INTERNET

Com o intuito de estreitar a comunicação entre escola e família, a Secretaria da Educação lançou uma página no Facebook. Para participar basta acessar facebook.com/chegadebullying.




Por O Regional online em 19.06.2012

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A água do mar e seus benefícios para a saúde

Dicas de interações e brincadeiras com as crianças em tempos de quarentena!

Uma pequena amostra do meu livro...