Servidor ganha mestrado em Gestão Pública de universidade americana

Primeira etapa do mestrado ocorreu no Rio de Janeiro.
Projeto com duração de 18 meses terá módulos nos Estados Unidos.

Rodrigo MartinsDo G1 Santos
Servidor público ressalta importância de troca de experiências (Foto: Arquivo Pessoal/ Eduardo Speeden)Servidor público ressalta importância da troca de experiências (Foto: Eduardo Speeden/Arquivo Pessoal)
Servidor municipal em Santos, no litoral de São Paulo, Eduardo Speeden, de 37 anos, foi um dos escolhidos para fazer parte de um curso de especialização em Gestão Pública, fruto da parceria entre a Universidade de Columbia, de Nova Iorque, nos Estados Unidos, e uma organização brasileira. Eduardo foi um dos três selecionados, entre 33 candidatos.
One World Trade Center domina o horizonte de Manhattan, em Nova York, visto de Nova Jersey, nos Estados Unidos (Foto: Mark Lennihan/AP)Servidor público de Santos terá aulas no meio do
ano em Nova Iorque (Foto: Mark Lennihan/AP)
O funcionário da Prefeitura de Santos destaca como foi a seleção e cita que a ideia dos organizadores é expandir o projeto para outros países. “A seleção é feita com base no currículo do candidato, e tem a questão da língua, já que o curso é todo em inglês. Eles pretendem também levar esse projeto para outros países. Os planos incluem China e Índia”, afirma.
Durante o curso na instituição norte-americana, o servidor, que é assessor técnico da Secretaria de Finanças (Sefin), irá atuar junto a representantes do projeto "Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável".
Eduardo lembra que o aprimoramento dos serviços oferecidos à população também é um dos objetivos do curso. “A ideia é aproveitar o conhecimento que vou adquirir durante o curso para aplicá-lo no meu trabalho. Vamos aprender bastante sobre teoria de administração pública. Isso faz parte da análise de políticas públicas, microeconomia e estatística. O foco é bem definido para gestão mesmo, principalmente orçamento, planejamento e captação de recursos”, comenta.
Palácio José Bonifácio, sede de Prefeitura de Santos, SP (Foto: Anderson Bianchi/Prefeitura de Santos)Eduardo trabalha na Secretaria de Finanças (Foto:
Anderson Bianchi/Prefeitura de Santos)
A primeira etapa do mestrado, que terá duração de 18 meses, ocorreu no Rio de Janeiro. O tempo será dividido entre atividades pela internet e aulas presenciais na capital carioca. Além disso, também estão previstos módulos nos Estados Unidos nos meses de julho de 2015 e 2016.
A bolsa de estudos integral tem custo de US$ 68 mil (aproximadamente R$ 180 mil), incluindo as passagens aéreas para os Estados Unidos e hospedagem em Nova Iorque. “O curso é semi-presencial e começou em janeiro, na última semana do mês. A gente faz reuniões pela internet e uma vez por mês vou para o Rio de Janeiro. No meio do ano, iremos passar um mês em Nova Iorque, em período intensivo. No ano que vem será o mesmo processo”, relata o servidor público.
A troca de experiências também é outro fator ressaltado por Eduardo. "Isso é muito legal, esse contato com pessoas de fora, estudando casos que se passaram no exterior. Estamos aprendendo com essas ideias e voltando para a realidade da experiência brasileira. Existem casos internacionais bem sucedidos na área pública que podem auxiliar na resolução de problemas no Brasil”, conclui.
Fonte Rodrigo Martins/Do G1 Santos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A água do mar e seus benefícios para a saúde

Dicas de interações e brincadeiras com as crianças em tempos de quarentena!

90% dos trabalhadores querem trocar de emprego, aponta pesquisa