Professores para o Timor-Leste

A Universidade Nacional de Timor-Leste (UNTL), neste momento a única instituição pública de ensino superior deste
país, objetiva contratar em regime temporário, para o ano letivo de 2012, docentes oriundos de outros países lusófonos.

Por meio dos recursos do Fundo soberano para o Desenvolvimento do Capital Humano de Timor-Leste, oferece remunerar cada docente com US$ 3.500 dólares por mês, pelo período de 10 meses, de fevereiro a novembro, com recesso em julho. Também assumiria passagens de ida e volta.

Como requisitos mínimos, exige o título de mestre e a disposição de lecionar 3 disciplinas por semana, por dois semestres, a alunos de Bacharelato/Licenciatura.

A UNTL está firmando parcerias institucionais no Brasil para consolidar o processo de seleção e preparação desses quadros. Não obstante, de modo a divulgar a demanda, desde já torna públicas as áreas em que entende haver maiores carências:

- Na Faculdade de Ciências Sociais, cadeiras de introdução (1º ano) às
seguintes disciplinas:
Administração Pública
Ciências Governamentais
Desenvolvimento Comunitário/Serviço Social
Políticas Públicas

- Na Faculdade de Ciências Sociais, cadeiras de introdução (1º ano) às
seguintes disciplinas:
Gestão
Estudos do Desenvolvimento
Comércio e Turismo

Interessados podem contactar Francisco Figueiredo de Souza, diplomata da Embaixada do Brasil em Timor Leste , pelo e-mail: frasouza@gmail.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A água do mar e seus benefícios para a saúde

90% dos trabalhadores querem trocar de emprego, aponta pesquisa

Curiosidades: Ano Bissexto