Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2019

Turma da Mônica ganha personagem com doença rara

Imagem
Mônica, Cebolinha, Cascão e Magali estão prestes a receber mais um amigo no bairro do Limoeiro: a partir de março, Edu, um menino com distrofia muscular de Duchenne (DMD), entrará para a turminha. O novo personagem faz parte do projeto editorial “Cada passo importa”, uma parceria da Mauricio de Sousa Produções com a empresa de medicamentos genéticos Sarepta. Segundo Fábio Ivankovich, diretor-geral da Sarepta, Edu é um menino de 9 anos que convive com uma doença genética rara e “gosta de desenho, arte e tem um cachorro chamado Sapeca”. Os gibis da campanha mostrarão o personagem na escola, onde os coleguinhas o acolherão e entenderão suas dificuldades e necessidades. O objetivo da projeto é conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce e promover a inclusão de pessoas com DMD. “A ideia não faria sentido se não fosse a equipe do Mauricio, se a gente não pudesse transformar isso em desenho, de forma lúdica, para sensibilizar crianças, professore

Se existe a Nova Zelândia, onde fica a ‘velha’?

Imagem
A Nova Zelândia é um país que chama a atenção por diversos motivos. Além de ser um dos países mais desenvolvidos e seguros para se viver, essa nação apresenta paisagens naturais deslumbrantes, muitas das quais se beneficiam do fato do país ficar em uma região bastante isolada com relação aos outros países. Mas o que costuma deixar muita gente com um ponto de interrogação é o seu nome extremamente peculiar. Afinal, se existe a Nova Zelândia, onde é que fica a “velha”? Tudo começou há mais de 300 anos atrás. O primeiro explorador europeu a desembarcar no que hoje é conhecido como Nova Zelândia foi um holandês chamado Abel Tasman, que estava a serviço da Companhia Holandesa das Índias Orientais. No entanto, quando ele chegou por lá em meados de 1640, Tasman pensou que havia desembarcado em uma parte da que hoje é conhecida como “Isla de los Estados” (“Stateneiland” em holandês) que é uma ilha que fica na ponta inferior da Argentina. Tasman a nomeou assim meio que às pressas, já que

Brasileiros transformam artigo científico sobre insetos em HQ

Imagem
Um biólogo e um quadrinista se uniram para contar como insetos sobrevivem e se reproduzem em riachos que secam durante o ano (Luciano Queiroz & Marco Merlin/Reprodução) A ciência pode ser facilmente transformada em histórias. Ecossistemas, teorias quânticas, arqueologia: com cuidado e boa vontade, dá para contar e explicar tudo de uma forma didática e envolvente (como, modéstia à parte, fazemos aqui na SUPER). É isso, aliás, que alguns cientistas têm procurado fazer. É o caso do biólogo e pesquisador da USP Luciano Queiroz, que se uniu ao cartunista Marco Merlin para publicar em forma de quadrinhos um artigo científico sobre um tema complexo. Ciclos  nasceu para ilustrar um estudo que explica como insetos aquáticos sobrevivem e se reproduzem em riachos intermitentes do Cerrado, que secam entre abril e setembro. A ideia surgiu no início de 2017, logo após a conclusão do trabalho. “Ele  [Luciano]  já chegou com essa proposta pronta: adaptação de um artigo científico para a

Universidade promove passeios com cachorros para reduzir os índices de depressão dos alunos

Imagem
Diante dos dados crescentes de depressão entre os jovens, a Universidade East Anglia, na Inglaterra, pretende ajudar seus alunos com passeios com pets A depressão é uma  doença  cada vez mais comuns entre jovens. A Associação Brasileira de Psicanálise estima que 10% dos adolescentes brasileiros sofrem com o problema e, mundialmente, esse dado cresce para 20% de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). O estado negativo permanece, muitas vezes, por várias fases da vida e, ao perceber o crescimento do fenômeno em sua região, a Universidade East Anglia, na Inglaterra, se dispôs a ajudar os alunos que sofrem com esse mal e também prevenir a enfermidade aqueles que não demonstram sintomas. Longe de remédios e sessões terapêuticas, a instituição resolveu aproveitar a  rotina  dos estudantes para recomendar tarefas comuns que podem servir como tratamento. Dentre elas, passeios com  cachorros  são organizados pela própria universidade, nos intervalos das aulas.  Os benefícios d

Brasil vai precisar de 10 milhões de profissionais de saúde e educação até 2040

Imagem
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasi Um estudo do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) afirma que o Brasil vai precisar de cerca de 4 milhões de professores, 1 milhão de médicos e 4,5 milhões de enfermeiros em 2040. Chamado “Educação e Saúde: os setores do futuro?” e disponível em espanhol, o estudo projeta qual será a demanda futura de profissionais no que chama de setor social na América Latina. Segundo a publicação, a região analisada necessitará de 10,3 milhões de professores, 2,4 milhões de médicos e 6,2 milhões de enfermeiros no final do período analisado. O resultado indica que o número de profissionais nessas áreas quase dobrará no período. O crescimento dessas profissões é atribuído pelo BID à dificuldade para automatizar as atividades feitas por seus profissionais, ao envelhecimento populacional e ao potencial de aumento de matrículas no sistema educacional. Segundo o BID, um terço dos professores e dois terços dos médicos da região que estarão ativo

A importância dos livros e da leitura na educação infantil

Imagem
Confira os benefícios que a prática proporciona ao desenvolvimento das crianças Compreender a  importância dos livros e da leitura na educação infantil  é uma atitude necessária não somente para educadores e instituições de ensino, os responsáveis também devem estar cientes dos benefícios conquistados com a prática da leitura. Para as crianças, aprender a ler é um momento que marca o início de novas descobertas e possibilidades. Por isso é fundamental que a escola, em conjunto com a família, incentive o hábito da leitura nas crianças desde os primeiros anos escolares.  Benefícios da leitura para as crianças  O contato com os livros, o ato de sentir o cheiro, as texturas e interagir com as histórias auxilia no desenvolvimento psicomotor, cognitivo e intelectual das crianças. A leitura também contribui para melhorias no vocabulário, na fala e no rendimento escolar. Confira outros  benefícios da leitura para as crianças : Estimula a criatividade Favorece a aquisição

Educação Integral: os desafios e o papel do gestor escolar

Imagem
Para alcançar a integralidade da formação humana é necessário aumentar e diversificar as experiências educativas dos estudantes Foto: Getty Images Nos últimos três anos a implantação da Educação Integral tem sido um dos maiores desafios para mim, para a minha equipe de trabalho e para a comunidade escolar. Isso porque acreditar em outra escola possível é praticamente incompatível com as condições objetivas da Educação brasileira. Os entraves são abundantes e passam pela falta de investimento adequado, desvalorização da profissão docente e falta de autonomia das unidades educacionais só para citar alguns exemplos. A política de implantação da Educação Integral na cidade de São Paulo, a partir de 2016, não tem redundado em investimentos substanciais nas escolas signatárias desse programa, mesmo com a tímida ampliação do quadro de funcionários. Os incentivos são modestos e não correspondem à demanda de trabalho gerada pelo aumento do tempo de permanência dos alunos nas unidades educ

Cinco mitos da Física em que você sempre acreditou

Imagem
A Física é uma ciência repleta de curiosidades e mitos. Conheça alguns mitos da Física em que você possivelmente já acreditou. Visto de fora da atmosfera terrestre, o Sol apresenta cor branca. Sua cor aparentemente amarela ocorre em razão da absorção da luz pela atmosfera. A Física é uma ciência que explica desde os fenômenos subatômicos até a formação das galáxias, por isso, ela é repleta de curiosidades, mas também de diversos conceitos errôneos. Reunimos alguns mitos da Física em que você possivelmente já acreditou para você saber um pouco mais sobre essa importante área do conhecimento. → Uma moeda solta do topo de um prédio poderia matar alguém Muitas pessoas acreditam que um objeto leve, como uma moeda, se abandonado do topo de um prédio, chegaria ao solo com uma velocidade potencialmente letal. Talvez isso fosse verdade, se pudéssemos  desconsiderar  a  resistência do ar  que atua sobre essa moeda. No entanto, a moeda é fortemente influenciada pelo atrito com o a

Ouvir sua música preferida aumenta o desempenho

Imagem
Pesquisa do Reino Unido afirma que a disposição aumenta com o seu som favorito. Fazer exercícios, trabalho da faculdade ou tomar uma difícil decisão é importante estar tranquilo mentalmente. Para manter esse relaxamento e o foco é preciso ter estímulos, um deles é ouvir sua música preferida. Segundo estudo publicado por pesquisadores da Universidade Keele, no Reino Unido, foi comprado que, ouvir sua música favorita pode fazer você se sentir mais disposto e diminuir a percepção de esforço durante exercícios físicos ou outras atividades cotidianas. Pop, rock, samba ou forró, qualquer tipo de música serve. Segundo o método da Programação Neurolinguística (PNL), a ancoragem é responsável por isso. Âncoras são gatilhos visuais, auditivos ou cinestésicos os quais se tornam associados com respostas ou estados particulares. Estímulo que está ligado a um estado fisiológico. Associação que permite evocar experiência original. Qualquer coisa que dê acesso a um estado emoc